Efeméride/ 1 de Dezembro: Dia Mundial da Sida assinalado com o lema “Minha saúde, meu direito”

Anualmente, o 1º de Dezembro é reconhecido como o Dia Mundial da Sida. A efeméride foi instituída pela Organização das Nações Unidas e em 2017 é comemorada sob lema “My health,my right - Minha saúde, meu direito”.

Este ano, a campanha concentra-se no direito à saúde, uma vez que, de acordo com as estatísticas globais do HIV, cerca de 36,7 milhões de pessoas vivem com a infeção. 

“Todos, independentemente de quem são ou onde vivem, têm direito à saúde, que também depende de saneamento e habitação adequados, alimentos nutritivos, condições de trabalho saudáveis e acesso à justiça. O direito à saúde é apoiado e vinculado a um conjunto mais amplo de direitos”, defende a ONU.

Sobre a Sida, a organização lançou um novo relatório que mostra registros notáveis de progressos no tratamento da epidemia, sobretudo no que se refere à terapia antirretroviral. Recorde-se que, em Junho de 2017, cerca de 20,9 milhões de pessoas tiveram acesso aos medicamentos.

As estatísticas globais do HIV indicam que cerca de 36,7 milhões de pessoas em todo o mundo vivem com o HIV e que cerca de um milhão pessoas morreram de doenças relacionadas com a Sida em 2016.

A nível mundial, cerca de 76,1 milhões de pessoas já foram infetadas pelo VIH Sida desde o início da epidemia.


C/ Sandra Moreira (estagiária)

 Foto: http://infodiario.co.mz