Santa Cruz: Ponto Focal da CNDHC promove atividades de comemoração do 10 de Dezembro

O Ponto Focal da Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania no concelho de Santa Cruz, Emanuel Ramos, promoveu uma série de atividades para assinalar o 10 de Dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos no concelho.

Direitos Humanos, Educação, Cidadania, Tolerância e Cultura da Paz foram os temas abordados nas diversas atividades.

O programa iniciou no dia 6 de Dezembro, com a realização de uma sessão de socialização da cartilha “Cidadão Pikinoti”, publicada pela CNDHC, com alunos das Escolas do Ensino Básico Integrado Maria de Fátima Correia Baessa e Escola Achada Fátima. Foram abordados os seguintes temas: Deveres e Direitos das Crianças; as Crianças, os Direitos Humanos e a Cidadania e Obediência aos pais e o respeito aos adultos: uma prática exequível da cidadania infantil ativa.

No dia 8 de Dezembro, foi realizada uma Conferência-Debate com jovens da comunidade, formandos do Centro de Ensino de Pedra Badejo e do Centro de Emprego e Formação Profissional de Santa Cruz e jovens voluntários do Centro de Iniciativa Juvenil Katchás. A atividade decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal de Santa Cruz, tendo-se abordado “o nível dos Direitos Humanos e prática ativa da Cidadania e cultura da fraternidade em Santa Cruz.

A 9 de Dezembro, concluiu-se o programa de atividades com uma palestra com alunos da Escola Secundária Alfredo da Cruz Silva. Nesta sessão, falou-se da necessidade da formação moral dos adolescentes para a defesa dos Direitos Humanos e exercício da cidadania, com base nos princípios da cultura da tolerância e da paz.

Recorde-se que  o 10 de Dezembro assinala a data de aprovação, pela Assembleia Geral das Nações Unidas, da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Este ano, a CNDHC assinalou a data com a realização da gala de entrega do Prémio Nacional Direitos Humanos 2017.

Artigo relacionado:

+ Prémio Nacional Direitos Humanos 2017: vencedores anunciados no dia 10 de Dezembro